Aqui não é como os contos de fadas que tem começo, meio e fim. Aqui tem dragões, fadas, elfos, unicórnios, espadas, arcos e flechas. Nada aqui é feito sobre regras, eu sou uma Rebelião pedindo, implorando por liberdade.
Seja bem-vindo(a) ao meu mundo.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Anotações líquidas.


Anotações líquidas.


Sim, minhas anotações foram perdidas,
rasgadas, esquecidas.
Foram molhadas por minhas lágrimas, pela água que sem querer deixei cair,
ao quase desmaiar de saber que não me ama mais.
Minhas anotações, memórias foram esquecidas, ficarão perdidas, serão apenas fragmentos dos meus sentimentos por ti.
Tão líquida serão minhas anotações, quando meu amor foi por você,
tão límpido como a água, como o riacho.
Sem intenção te amei, por intenção me esqueceu e, com isso, minhas anotações se tornaram líquidas, e perderam em meio do nosso rompimento.
Memórias estas, tão frágeis que foram colocadas no papel, este que amarela, rasga, molha, suja e queima.
Sim, minhas memórias são frágeis, são como o cristal, não as toque.
Meu amor também, é cristalino e fino, não suporta altas temperaturas, tampouco altas pressões.


Texto redigido em 14 abril, 2006.
Foto: Fábrica Abandonada (não autoral).

Quem diria que um dia, esse texto se tornaria tão real e verdadeiro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário